Profissão Blogueira

FIQUE ATENTA BLOGUEIRA: COMO USAR O ANALYTICS DAS SUAS REDES SOCIAIS

setembro 13, 2016

O primeiro passo para ser considerada profissional, é entender que os dados estão ali para serem analisados e usados a seu favor. Não são enfeites ou regras absolutas!
FIQUE ATENTA BLOGUEIRA: COMO USAR O ANALYTICS DAS SUAS REDES SOCIAIS
Os sites que armazenam seu conteúdo oferecem dados em forma de gráficos para lhe ajudar a conhecer seu público, é uma forma de fazer isso sem ter que criar uma enquete, por exemplo. Hoje vamos falar sobre o analytics de três redes: YouTube, Instagram e Blogspot.

Porque prestar atenção nos dados fornecidos pelos seus provedores?
Só assim você saberá com mais precisão de onde vem o seu público, qual a faixa etária, interesses principais e poder casar os dados de maior alcance. Por exemplo, se você sabe que seu público vem de um determinado estado, com determinada faixa etária e se interessa por shows ou peças de teatro por exemplo, pode ser uma ótima ideia usar seu site para anunciar aquele tipo de evento em determinada região. Isso torna seu blog rentável para você, atrativo para um nicho específico e principalmente INTERESSANTE PARA UM PARCEIRO / ANUNCIANTE.
Outro ponto importante a considerar para as blogueiras e youtubers que ocupam várias paltaformas, o seu público não é o mesmo para 100% das redes sociais que você trabalha. O seu seguidor pode estar em apenas uma ou duas de suas redes e isto não é raro de acontecer. Por isto muitas vezes um conteúdo funciona em uma rede, não funciona em outra e por isto também é difícil estar em todas as redes, porque na maioria das vezes você acaba tendo que produzir um formato de conteúdo para cada uma delas, ainda que o assunto seja o mesmo.

Onde conseguir os dados do analytics de cada rede?
Atualmente estas três redes dispõe do seu próprio analytics. Quem marcou como profissional o seu perfil do Instagram após a última atualização, já consegue acessar suas métricas mesmo ainda que não muito detalhadas, vai ajudar e muito que a blogueira conheça seu público também desta plataforma. No caso do YouTube, as métricas fazem análises minuciosas, permitindo conhecer dados básicos como a localização, idade, sexo, mas também fatores mais específicos como quais palavras mais levam aos seus vídeos, quais os vídeos mais indicam seu conteúdo, quanto tempo em média seus seguidores passam assistindo a cada vídeo. E falando de blogger (que é a plataforma em que eu trabalho), além das métricas apresentadas aqui no painel de administração que são relativamente simples, temos também o Google Analytics, que pode ser incorporado ao seu site e em poucos dias passa a lhe fornecer dados muito precisos sobre o tráfego em seu blog e os hábitos do seu público.

Como usar os dados do Analytics a seu favor?
Pois bem, não adianta saber onde estão e conhecer estes dados se não souber usá-los a seu favor e não contra você. Primeiro é preciso definir suas metas, seu trabalho pretende ser regional? Pretende atingir todo o Brasil? No caso do Youtube, quer que as pessoas identifiquem seu trabalho como uma espécie de canal de TV onde existe uma grade fixa? Ou você prefere que seu canal não seja interligado por horários e temas? Definir coisas simples como estas ajudará a ver utilidade nas métricas do Youtube, por exemplo. Vamos então a algumas dicas valiosas.

No Blogspot - Melhore seu SEO
Neste site você pode entender mais sobre SEO, mas é basicamente tornar seu post um conteúdo bem rankeado nos sites de busca. A maioria dos usuários hoje usa o Google quando quer pesquisar sobre um assunto, melhorar o seu SEO significa que seu post será indicado mais vezes em determinadas buscas. Título, descrição de pesquisa, legenda das imagens, tudo isto ajuda aos algorítimos dos Google colocarem você nas primeiras páginas. Este texto por exemplo, tem como foco ensinar como usar o analytics das suas redes sociais, então por várias vezes a expressão "como usar o analytics" vai aparecer no texto, a fim de melhorar a posição desta matéria no Google quando este tipo de pesquisa for feita. Só é preciso tomar cuidado para não exagerar na dose e tirar o sentido do conteúdo, colocando as palavras-chave repetidas vezes no texto sem nenhum contexto lógico. 

No YouTube - Use os dados e não seja usada por eles
As métricas são apresentadas para que você use o conhecimento a seu favor e não para ficar presas nela. Um exemplo de uso incorreto das métricas é passar a postar vídeos levemente "acelerados" em sua edição para que todo o conteúdo caiba em menor tempo, quando você constata que sua média de minutos visualizados é menor que a média de duração dos seus vídeos. Isso pode tornar seu conteúdo pobre e ao invés de seus expectadores verem o seu vídeo completo porque ele dura menos tempo, a qualidade menor pode deixá-los por um período ainda menor no seu canal. 

No Instagram - Abuse do visual 
O Instagram é uma rede totalmente visual, isso quer dizer que a maioria das pessoas só vai parar para ler textos grandes caso a imagem seja impactante. As métricas podem ajudar a entender qual tipo de imagem viraliza mais nesta rede e em que horário isso acontece. Mais uma vez, esse dado não deve servir para que você use a rede apenas naquele horário específico como regra, mas também para ajudá-la a entender: se existe uma falha, onde está a falha e corrigi-la, atingindo assim vários públicos.

Saber usar os dados que os aplicativos oferecem, pode melhorar não só o seu relacionamento com seu público, mas também aumentar as chances de conseguir parceiros para seu blog/canal. Conhecer onde estão e quais são seus pontos fortes para vender melhor o seu trabalho é um ótimo começo para se tornar profissional, sabemos que não existe uma fórmula mágica para o sucesso mas com certeza um dos passos está nestas análises.

Você também pode gostar disso

1 comentários

  1. Preciso dar uma renovada nesses conhecimentos,faz muito tempo que não pesquiso sobre SEO.
    Texto maravilhoso,preta ♥
    Bjus

    Blog - A Negra e seus Tons
    Fanpage / Instagram / Twitter / Canal

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL