Cabelo Crespo

ELA É NEGRA E PINTA O CABELO DE LOIRO PORQUE TEM VERGONHA DE SER NEGRA

setembro 30, 2016

Quando as pessoas confundem empoderamento estético com apenas cabelo, logo vem a tona esta crítica à cor que escolhi para os meus cabelos: se você tem tanto orgulho de ser negra, porque pinta os cabelos de loiro?
ELA É NEGRA E PINTA O CABELO DE LOIRO PORQUE TEM VERGONHA DE SER NEGRA
Esta é uma pergunta que sempre surge, quando o imaginário das pessoas admite apenas para as pessoas brancas esta cor de cabelo. Que nada mais é, do que a cor que escolhi para o meu cabelo. Não tem um código por trás desta cor específica (que vale dizer, nem sei que cor é, tantas foram as transformações feitas aí), não tem um significado mediúnico nesta cor, eu acordei um dia decidida a deixar claro e deixei, é simples. Mas apesar de ser só uma cor, há por trás da escolha dela muito empoderamento sim, porque para a mulher negra deixar de lado todos os padrões estéticos conhecidos, é preciso uma boa dose de afronta.
Negros naturalmente loiros, nas Ilhas Salomão - LEIA MAIS SOBRE ELES AQUI
Pois bem, passada a parte mais difícil de aprender e internalizar que, não é uma exclusividade da raça branca ter cabelos loiros, passamos para a próxima parte que é, entender por onde passam as questões do empoderamento estético.
É importante lembrar que, de todas as opressões que nós sofremos na infância, a maior parte delas está relacionada aos nossos cabelos. Não pode soltar, não pode pentear, dá trabalho, é feio, tem aparência de sujo, ressecado e todo aquele senso comum reproduzido dia após dia, fazendo com que as nossas crianças negras acreditem que nossos cabelos tem de fato algum defeito. Com o passar do tempo e o fato de muitos pais (ou responsáveis) alisarem os cabelos crespos, com a justificativa de assim "darem menos trabalho", a nossa lista de possibilidades que já não era grande, diminui ainda mais. Não pode pintar, não pode colorir nem descolorir, porque geralmente as químicas de transformação não são compatíveis com as químicas de coloração (outra grande polêmica mas, farei um post depois explicando a diferença entre estas duas), daí nós passamos anos com o cabelo "na mesma", porque é impossível fazer qualquer outra coisa, se quisermos manter ele no padrão que a sociedade diz que devemos permanecer. 
Quando então conseguimos nos livrar das amarras do padrão "Europa", imposto de forma cruel a nós, mulheres negras, vem também a percepção de que nossos cabelos são livres e com isso, podemos ter o cabelo da cor e da forma que a gente quiser. Escovado, natural, com tranças, colorido, platinado, enfim quando a gente se liberta para o cabelo natural, se abre um mundo de possibilidades. 
Assumir o próprio cabelo e a própria negritude, nos devolve parte da liberdade que nos foi tirada a tantos anos atrás, nos devolve a liberdade de pensar e decidir por nós mesmas, respeitando nossa essência e nossas características. A liberdade de brincar com as cores, de entender que você não precisa ter a pele branca ou o cabelo liso para ousar e se reinventar. Nos desprendemos então do preconceito que diz à mulher negra, o lugar que ela deve permanecer e, qual a forma que devemos nos apresentar. 
ELA É NEGRA E PINTA O CABELO DE LOIRO PORQUE TEM VERGONHA DE SER NEGRA
Por isso, ousar e experimentar novas cores é exercitar a liberdade que o cabelo natural nos traz, é afrontar um padrão que além de limitador é cruel, é dizer ao mundo que nós, mulheres negras, existimos, resistimos e não nos importamos mais se vocês dizem que "cabelo loiro não combina com a nossa pele", porque nós simplesmente temos um cabelo que nos permite fazer o que quiser.
Então vocês não acham mesmo que nós, que passamos tanto tempo presas num padrão estético que nos limitava, vamos deixar de aproveitar a vida e as cores que ela nos oferece, por causa de mais um padrão idiota, não é mesmo? 

Você também pode gostar disso

1 comentários

  1. Acho que negras ficam maravilhosas com cabelos louros e dourados! Combina demais!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL