Ativismo Digital

#SeráQueÉRacismo? USANDO AS REDES SOCIAIS COMO MEIO DE DENÚNCIA

dezembro 14, 2015

Muito reclamei da exposição escancarada do racismo na internet durante este ano, mas também é preciso reconhecer as ações positivas e principalmente divulgá-las. Após o assassinato dos cinco jovens negros no Rio de Janeiro (Wesley, Roberto, Carlos, Cleiton e Wilton. Porque eles tem nomes, histórias e não se tornarão só mais cinco garotos negros) surgiu a campanha com uso da hashtag #SeráQueÉRacismo para expor as situações em que nós negros fomos expostos a esta violência. São relatos que nos emocionam, nos fazem lembrar de coisas que acontecem conosco diariamente e que não por covardia mas sim por medo, às vezes deletamos da memória.
Negros brasileiros com certeza tem muitas histórias de racismo para contar e inevitavelmente outros tantos irão se reconhecer naquela situação, porque infelizmente são ocorrências comuns para nós. Seguidos em lojas, revistados ao sair dos estabelecimentos, confundidos com profissionais da limpeza (o que não quer dizer que ser profissional da limpeza é ruim, mas associar um negro sempre a estas profissões é racismo sim), humilhados em abordagens policiais truculentas, invisibilizados em reuniões... A lista é longa, intensa e dolorosa mas é preciso evidenciar, denunciar. É muito importante também que uma rede social simples e relativamente de fácil acesso esteja sendo utilizada como espaço de denúncia destes absurdos.





Muita gente pode estar se perguntando: "mas e ai vocês vão contar o que aconteceu e no que isso vai mudar o cenário?" Acredite, muitas pessoas negras quando sofrem racismo se sentem sozinhas, acuadas, envergonhadas e por mais absurdo que possa parecer alguns chegam a se sentir culpados pela agressão sofrida então dividir estas histórias pode ser uma forma de  fortalecer alguém que ainda não tem a mesma consciência que você mas com certeza se sentirá mais compreendido e talvez tire dai as forças para lutar.
A campanha #SeráQueÉRacismo precisa da contribuição de cada um de nós, para que nos tornemos ainda mais fortes como um povo. Denunciem, exponham, registrem boletins de ocorrência e nunca deixem que os criminosos se sintam livres para agirem dessa forma preconceituosa. No post "A MANADA ENLOUQUECIDA DA INTERNET" você encontra endereços de delegacias para denuncia de crimes virtuais nas principais cidades do Brasil. Vamos formalizar as queixas e fazer com que a exemplo do caso da Jornalista Maju, outros criminosos paguem pelos seus atos.


Você também pode gostar disso

0 comentários

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL