#Moda

COMO TER UM ESTILO CRIATIVO: A SUA MODA É VOCÊ QUEM FAZ

maio 20, 2017

O papo hoje é MODA: você já se perguntou, como faz para "ter estilo"? Isto é, aquele guarda-roupa dos sonhos, com aquelas combinações que parecem ter saído direto do Tumblr? É muito comum a gente pensar que uma ou outra amiga recebeu um dom divino de combinar as roupas da melhor maneira, mas, afinal de contas, como ter um guarda-roupas criativo?
Há muito tempo atrás eu era aquela que ia atrás de outras amigas procurando "dicas de como ter estilo", mas a primeira coisa que você precisa aprender é: CADA UMA TEM O SEU ESTILO e não adianta copiar o da amiguinha. Um segundo ponto fundamental é: MODA PASSA, logo, se você mudar de gosto a cada estação, vai precisar de um guarda-roupas repaginado a cada mudança de "moda", daí eu te pergunto, seu bolso aguenta isto?
Para ter um guarda-roupas criativo e, consequentemente, criar um estilo original, não é preciso respirar moda o tempo todo, basta estar atenta ao índice de moda que nunca vai sair do foco: SEU GOSTO! Sim, o maior apoio na hora de implantar um estilo de sucesso é respeitar O SEU GOSTO. Se você não gosta de saia curta e vai usar só porque viu que "está todo mundo usando" isso tem 90% de chances de não ficar nada legal em você. Então, o estilo, mais uma vez, é e só pode ser seu, até para você "se inspirar" no look da coleguinha é preciso colocar mais de você na composição, para que "tendo a sua cara" a roupa lhe caia bem. Quer ver só?

Foto 1: Google | Foto 2: Lívia Teodoro 
A inspiração é uma IDEIA, não precisa ficar "igualzinho" ao look original, é um sul, um ponto para você se apoiar, seguir e o toque final só a sua identidade vai dar!
Outra ideia equivocada é que precisamos ter no nosso armário cada peça que encontramos como inspiração na internet e isso não é verdade, uma ou outra "peça chave" podem tornar seu guarda-roupas muito versátil, além de criativo.
Foto 1: Google | Foto 2: Madame's Curves | Foto 3: Nattany Martins e Lívia Teodoro | Foto 4: Google
A moda real é democrática: PODE PRA TODO MUNDO QUE SE SINTA BEM, claro que falta boa vontade das marcas em entender que não existe isso de "roupa pra gordo" x "roupa pra magro", sob a ótica de que certos "modelos de roupa" só servem pra um tipo de corpo. Todas as peças podem ser usadas por todo mundo que se sinta bem, é simples!
Outra argumentação muito comum de quem procura seu estilo em outras pessoas é: "eu não tenho coragem de usar essa roupa!". Como assim? Você precisa de coragem para usar uma roupa? Precisamos lembrar que a moda é para nós, as suas roupas não tem, absolutamente, nada a ver com a opinião dos outros. Se você se sente bem e acha que ficaria legal naquela roupa, "SÓ VESTE, QUERIDA"! Embora pareça muito mais fácil falar do que fazer, desenvolver um estilo próprio, original, depende mais da sua disposição em se soltar, do que qualquer inspiração da internet! 

Você também pode gostar disso

1 comentários

  1. Preta, minha vida mudou quando parei de dividir minhas roupas em "roupa de sair" e "roupa de ficar em casa". Foi precioso entender que roupa é tudo roupa e qualquer hora é hora pra se sentir bem vestida. A vida passa, as tendências passam e a gente fica aí guardando um tanto de coisa para ocasião especial que nunca chega.
    Amei o post e também me ver ali do seu ladinho.
    Modéstia a parte, arrasamos nos looks!

    Beeeijos!
    Nattany Martins

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL