Belo Horizonte

É COISA DE PRETO, COISA DE NEGÃO!

setembro 10, 2018

"- É porque o preconceito começa de vocês mesmo..."
"- Não começou de mim mesmo não, amigo, dá uma puxadela no teu calendário aí que tu vai ver que começou tem coisa de 400 anos... Eu sou de 93..."

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Yuri Marçal - Humorista Carioca. Foto: Reprodução da Página Oficial do Facebook

O humor negro vai, finalmente, ser apresentado em Belo Horizonte, no próximo dia 16 de Setembro, no Teatro Ouro Minas. Junto de Yuri estarão outros humoristas, Thiago Carmona, Fred Café e Gui Preto. Eles prometem um espetáculo "com objetivo de promover a cultura afro e fortalecer a luta pela classe." (Sympla)

O jovem de 25 anos ficou conhecido por mim através de vídeos com o tal humor negro de que tanto gosto, piadas ácidas, assertivas e muito engraçadas que incomodam os lugares de privilégio social. A ironia na medida de Yuri e a forma como utiliza situações do racismo cotidiano para confrontar a branquitude fazem de Yuri um grande sucesso. 

O racismo reverso toma corpo e fica evidentemente engraçado na interpretação de Yuri. O vídeo Mulher Preta, que já conta com mais de 1,3 milhões de views no Facebook, fala com muito bom humor sobre amar a nossa estética no outro, uma forma engraçada de rebater o famoso "amor não tem cor", que tanto se ouve na internet.


"Mulher preta é Deus, cara!"


Com mais de 190 mil seguidores, o ator ganha cada vez mais espaço com a ressignificação do conceito de "humor negro", mostrando que coisa de preto é fazer um humor que não ofenda ou ataque a subjetividade de outras pessoas, provando que é possível se divertir sem ser racista e fazer piadas que envolvem pretos sem ser ofensivo.

Por enquanto a peça tem apresentação única em Belo Horizonte, os ingressos custam R$30,00 e podem ser adquiridos através do Sympla

Você também pode gostar disso

0 comentários

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL