Vida Saudável

VIDA SAUDÁVEL: LÍVIA, PORQUE DECIDIU FAZER DIETA?

março 05, 2016

"Mas Lívia, você tá maluca, você é magrinha!?" É o que tenho ouvido nesses últimos dias, mas vamos lá tentar escurecer algumas dúvidas! Sim, eu tenho um corpo considerado "socialmente magro" e, ainda que não tivesse isso não seria um problema, porque não existe problema em ser gordo. Existe problema em não ser saudável e as duas coisas NÃO SÃO SINÔNIMOS. Existem pessoas com três vezes o meu peso, a mesma altura e que são muito mais saudáveis que eu! Então porque a dieta? Exatamente porque eu cheguei num ponto em que minha alimentação era baseada em gordura, sódio, açúcar e apesar de passar mais de dez anos pesando 55kgs hoje, subo numa balança e percebo que estou no mesmo peso que alcancei aos nove meses da minha gravidez a quatro anos atrás. Tem lógica isto? Não! Pois é por esse motivo que resolvi me preocupar. Lógico que o fato das minhas roupas estarem fechando com dificuldade também me incomoda e muito mas mais do que isso, tomar consciência de que eu estou virando um depósito de comidas que não nutrem, apenas enchem, além de não praticar nenhum exercício físico me fez tomar um susto e rever alguns hábitos.
Outro ponto importante é que definitivamente eu não decidi passar fome ok? Eu decidi que vou comer o quanto eu tiver vontade mas de forma saudável e é incrível como que quando passamos a nos alimentar de três em três horas não há tempo para sentir fome, já perceberam? Li que o nosso metabolismo funciona melhor e mais rápido se tivermos uma regularidade na alimentação, além claro de incluir na minha rotina uma caminhada (quase que) diária de no mínimo 30 minutos, porque não adianta comer direitinho e colocar o corpo em movimento.
Eu tentei na primeira semana seguir uma dieta bem conhecida que está espalhada pela internet que te deixa alguns dias a base de proteína, em três dias eu desinchei bastante, inclusive estou pensando seriamente em procurar um profissional que possa diagnosticar se tenho ou não intolerância ao glútem porque em 3 dias com consumo baixíssimo a diferença na balança foi gritante e eu sinto que não foi propriamente "peso perdido" e sim o corpo desinchando.
IMPORTANTÍSSIMO: Qualquer mudança radical na alimentação e nos hábitos de vida devem ser acompanhadas por profissionais capacitados para indicar os melhores caminhos, nada de sair cortando tudo porque leu na internet.

Continuando, eu sei que não darei conta e nem é indicado retirar grupos alimentares considerados importante dos meus hábitos mas também sei que não preciso de nenhum profissional para me ensinar que miojo não é saudável (sim, eu sou viciada nesta porcaria) muito menos devo comer esta porcaria todos os dias. Então daqui para frente estou adotando alguns hábitos saudáveis de vida que serão de fato a minha "dieta":
Prefiro não comer carboidratos a noite, porque carboidratos são de forma geral a fonte básica de energia do nosso corpo, como a noite eu reduzo as atividades não tendo onde gastar essa energia eu prefiro consumir até às dezoito horas. Aliás, estou passando a comer com moderação, eu sou daquelas que quando sente sentia fome durante a noite pensa logo em macarronada, macarrão alho e óleo, macarrão, macarrão, mais macarrão e percebi em três dias sem muito carboidrato que meu organismo funcionou muito melhor, inclusive o intestino ficou menos preguiçoso!
Vou substituir o açúcar pelo adoçante a base de Sucralose e Stévia (vou revesar), porque açúcar é um vício maldito. Se pararmos para pensar ninguém consome diariamente a quantidade de açúcar recomendada pelos profissionais da saúde, por esse motivo resolvi substituir e para minha surpresa, NÃO MUDA NADA NO GOSTO. A Stévia é mais saudável e mais natural por isso deixo na bolsa para não ter desculpas e o sucralose deixo em casa porque dá inclusive para adoçar bolos de caneca <3
Atividade física diária para a minha vida e isso não significa que eu vou passar a puxar ferro diariamente na academia, nada disto até porque a preguiça não permitiria mas vou sair do sedentarismo de alguma forma, investi em um bom par de tênis que inclusive saiu mais barato que a semestralidade da academia e vou fazer caminhadas diárias de no mínimo meia hora. Isso é o mínimo para uma vida saudável. Mas você pode por exemplo, trocar o elevador do trabalho pelas escadas e já ajudar na melhora da sua qualidade de vida!
Deixar meu prato colorido é um dos objetivos acredito eu que mais difíceis já que para isto ou eu como fora todos os dias ou vou para o fogão fazer diversas saladas e eu não sou a maior fã da cozinha, mas talvez este seja um outro bom hábito para eu cultivar não é? Colorir o prato, comer de tudo um pouco e nos horários certinhos, acho que já está ótimo para começar!
Vou dar preferência a alimentos com teor de sódio e gordura reduzidos e nem preciso dizer porque isso é saudável não é mesmo? Eu não dou conta de comer só produtos orgânicos, meu paladar e meu bolso também não. Por esse motivo vou dar mais atenção aos rótulos de tudo que eu consumo e dar preferência aos alimentos que tem uma quantidade mínima sem perder o sabor! Não custa nada se atentar a isto.
É isso, a minha "dieta" é baseada em adotar novos hábitos mais saudáveis de vida para viver melhor,além de continuar cabendo confortavelmente no meu jeans favorito, além de claro ter a oportunidade de encontrar maneiras que sejam saudáveis e ao mesmo tempo confortáveis e dentro da minha realidade. Então, sendo assim, que tal começar uma dieta você também? Seja para caber no jeans, melhorar o funcionamento do seu corpo ou tudo isso junto? O melhor da vida é conseguir ser feliz dentro das nossas reais possibilidades. Grande abraço e até o próximo post.
*Post baseado na minha experiência pessoal que não serve para parâmetro a seguir. Na dúvida, procure profissionais para lhe orientar.

Você também pode gostar disso

0 comentários

Deixe aqui seu comentário, dica ou feedback!

FACEBOOK

RECEBA AS NOVIDADES POR E-MAIL